Além dos buracos, as calçadas agora têm desníveis “planejados”

Seção Batel, levou!   •   Data 10/09/2014   •   Nenhum comentário

Há cerca de dois anos a Prefeitura de Curitiba distribuiu release à imprensa destacando que “a preocupação com a melhoria da acessibilidade e da mobilidade urbana, presente em todas as intervenções feitas pela Prefeitura, é visível também na hora de construir calçadas”. O Batel foi um dos bairros contemplados no programa de obras para a Copa do Mundo, especialmente no item “Calçadas”. E falou-se, também, à época que a preocupação maior era com a mobilidade urbana. As obras na Avenida Sete de Setembro deram muita dor de cabeça aos comerciantes e pedestres devido à demora na conclusão dos serviços.
Mas, o problema não ficou apenas nessa demora. O que se vê hoje é o absurdo de “degraus” na calçada, prejudicando aqueles que têm dificuldade de locomoção. São inúmeros os registros de tropeções e quedas em razão do desnível em determinados trechos das calçadas e na entrada de estabelecimentos comerciais. Eliseu Batista, vendedor ambulante, que trabalha na Sete de Setembro, já presenciou diversos acidentes com pessoas idosas, que caíram e se machucaram, com certa gravidade, devido o desnível sem qualquer sinalização. Fica o registro para que a Prefeitura tome providências.

Calçada Mercado 1

Comentários

Os comentários estão desativados.