FARRA DO BOI? QUE NADA!!!

Seção Diversos   •   Data 25/04/2015   •   Nenhum comentário

Dizem, aqueles que já o experimentaram, que o enjoo do mar é a pior das náuseas.

Mas há outro tipo de ânsia por aí. Muito mais forte, provocando um engulho que nos leva ao vômito. É aquela provocada pelo escárnio que a classe política demonstra ao povo. Uma espécie de “o povo que se lixe”. Mais as manifestações populares crescem, mais abusados os políticos se tornam. Em que se apoiam para desdenhar o brado das ruas? Certeza da impunidade? Conhecimento da falta de memória do povo? Ou meramente falta de vergonha?

Após o país ser agitado pela massa popular tomando as ruas e praças protestando contra a corrupção vimos por aqui a aprovação do Auxílio-Moradia para os nobres conselheiros do Tribunal de Contas. Desfaçatez total! E no que resultaram os protestos e indignação? Nem corados ficaram…

E a coisa não parou por aí. Diante da necessidade do país apertar o cinto veio a resposta de nossos congressistas: já que é farinha pouca meu pirão primeiro. Tripliquemos a verba para os partidos políticos!

Desçamos um degrau e pensemos na esfera estadual. Combinando a cor dos cabelos com a cor do blazer, Nelson Justus brinda-nos com um sorriso sarcástico após a decisão do Conselho de Ética da Assembleia Legislativa. Um sorriso de quem já sabia que o resultado não seria outro. Afinal, Mateus, primeiro os meus…

Continuemos a caminhada. Chegamos ao nível municipal. E por aqui tudo parece como dantes nesse quartel de Abrantes. Agora, por exemplo, a Câmara Municipal de Curitiba aprovou o gasto mensal limite de 51 mil reais por gabinete de vereador. Observe: valor este para os cargos comissionados, não contando, portanto, aqueles servidores efetivos do legislativo curitibano. E o limite é de sete comissionados por gabinete. Ou seja, uma média de 7,28 mil de vencimento mensal por aquinhoado. Mas não se lamente o pobre eleitor pensando numa comparação com seu minguado salário… essa média não é nem dez vezes mais o salário mínimo! Pense no coletivo e, aí sim, se irrite. A verba para os cargos em comissão dos 38 gabinetes totaliza mais de 25 milhões de reais ao ano!!!

Que farra do boi, que nada! Farra é isso tudo aí!

É por essas e outras que cresce a procura de medicamentos à base de domperidona ou de alfavaca, acelga e gengibre… tudo para evitar a náusea que todos sentem diante desse quadro político.

Comentários

Os comentários estão desativados.